sábado, 28 de setembro de 2013

RESGATANDO SONHOS



Assisti ao vídeo acima e nele há uma pergunta interessante: quando foi que o dinheiro passou a ser o mais importante??? Lembremos que o vídeo é publicidade de um banco... mas a abordagem é muito boa.

Quando crianças, todos sonhávamos com inúmeras possibilidades de vida, das mais variadas, tínhamos o desejo de criar, voar, correr, construir... em algum momento (ou vários) da nossa vida, foi-nos dito que eram sonhos de meninos e que a realidade da vida era outra, precisávamos ganhar dinheiro (de preferência muito) e que aquilo que desejávamos fazer era inviável, ninguém vai te contratar para isto!!! E assim, matamos os anseios do nosso coração, sonhos e esperanças são abandonados em busca de segurança, estabilidade, sossego, carreira brilhante, rendimentos crescentes... e ao conseguirmos tudo isto nos deparamos com a dura realidade que Jesus já havia advertido em Mt16;26 Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma?

Havia me acostumado a olhar para este texto como algo referente à eternidade futura, mas hoje compreendo que ele abrange o momento presente, temos trocado anseios legítimos de nossos corações por coisas que não o preenchem, o resultado é uma vida dissociada do coração, nosso coração fica anulado, aflito, enfim nossa alma se perde, tudo em nome da manutenção do estado de coisas que hoje vemos. Uma vida sem riscos, sem emoção, sem paixão, sem vida!!!

Sabendo da miséria dos nossos corações, Deus envia o seu ungido
Is 61.1   O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; observe que o ministério do Cristo é exatamente anunciar boas novas e curar os quebrantados de coração, livrar os cativos, libertar os algemados, a pior das cadeias é a cadeia do coração, uma alma cativa destrói o homem, o Cristo veio por fim a esta prisão. 

Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!!! Jo 8;32.

O conhecimento do filho nos liberta da escravidão de homens e ideias, restaura o nosso coração e nos reabilita a uma vida de verdade, capacita-nos a viver de todo o coração, intensamente, em abundância!!!
É tempo de regatar os anseios legítimos de nosso coração, viver a plenitude do reino, só vive plenamente quem vive de todo o coração, apaixonadamente. Isto  é possível, é desejável, é imprescindível, só temos uma vida e ela logo passará, e quando formos dar conta dela o que diremos? Tive medo??? Não sabia que era possível??? Mataram os meus sonhos??? Nunca sonhei???
Cristo veio resgatar o que se havia perdido, ainda há tempo, peça a Ele que ressuscite os anseios legítimos de teu coração. 

“Não pergunte ao mundo o que ele precisa, pergunte o que te faz se sentir vivo. Então vá e faça-o, porque o mundo precisa é de homens que estejam vivos”.

Um comentário:

  1. Glórias ao Pai pelas palavras postadas . A graça abundante e transbordante que está sobre as nossas vidas anseia por proclamar e derramar sobre a vida desses amados que "ainda" não entenderam a que foram chamados. Somos os agentes

    ResponderExcluir