sexta-feira, 1 de novembro de 2013

RECUPERANDO AS FONTES DA VIDA


Há algum tempo ouvi dizer que era possível recuperar nascentes, parti em busca de informações e encontrei este vídeo acima que mostra uma técnica aplicada no Brasil e o resultado é fantástico, ao assistir o vídeo a ligação com o que ocorre a nível espiritual foi instantânea, creio que estes são dias em que as fontes da vida em nossos corações serão restauradas.

Jo 4.14   aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.
7.37   No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
7.38   Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.
Is 55: 1 Ah todos vós que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.

Para recuperar uma nascente.
1- Encontrar uma nascente obstruída. (todo que, de fato, foi batizado em Cristo, tem em si uma fonte...)
2- Cercar a nascente para impedir acesso animais grandes. (Proteger, cuidar, é uma ação comunitária...)
3- Limpar a nascente e abrir caminho para a água fluir.( confissão, deixar o pecado)
4- Colocar pedras no fundo e “fechar “ a nascente para que continue limpa.(reestabelecer os fundamentos da fé)
5- Replantar as margens com espécies adequadas.(meditação, oração, comunhão, jejum, serviço, submissão, confissão, etc...)
6- Tubo para vazão da água com um filtro (para uso pessoal, ser suprido pela fonte).
7- Tubo para servir como “ladrão” (permite o uso do excedente por outros)
8- Tubo para injetar tratamento para a água.(exortação, correção, estímulos, conselhos, palavra)

O que normalmente obstrui as nascentes???

Na natureza, o acesso de animais grandes, que compactam o solo e contaminam a água com dejetos, a perda da mata ciliar, erosão etc...

Em nosso coração:
Legalismo, a religião, que essencialmente é a busca do homem por obter méritos suficientes para ser aceito por Deus. A busca por tornar-se agradável à Deus e assim receber Sua aprovação por meio de esforço humano. Uma vida voltada ao desempenho e mérito. Uma vida de deveres, obrigações e compromissos, vai matar o coração.

Is 42:3 Não esmagará a cana quebrada, nem apagará a torcida que fumega; em verdade promulgará o direito.

A religião se utiliza de três verbos fundamentais para prender os corações:
TER- (não" tem que nada", se vc quiser me seguir, tome a tua cruzMc 9...).
DEVER- (ninguém "deve" mais nada, o escrito de dívida foi encravado na cruz Cl 3).
PRECISA -(ninguém "precisa" de nada, Cristo é nossa suficiência, todas as coisas nos foram dadas nEle IIPe 3;2)...

O farisaísmo, por medo da maldição do pecado, criou as “Leis de cerca”, que consistiam no que fazer ou não para não correr o risco de quebrar a lei.

O voto do discípulo farisaico, tomar o jugo da lei.

O jugo de Cristo é uma contraposição ao jugo da lei.
Mt 11.28   Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.
11.29   Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.
11.30   Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.

Algumas práticas que adotamos com o passar do tempo que nos obstruem:

-Começamos no espírito e tentamos nos aperfeiçoar na carne.(esforço carnal para se aperfeiçoar e tornar-se semelhante á Jesus)
-Uso indevido do discipulado: dependência exagerada do homem, discipulador como tutor  e não como mentor( o tutor só é necessário em casos de incapacidade mental ou física), domínio do discipulador sobre o discípulo.
-Estabelecimento de condições para o acesso à fonte das águas.
-Deixar de crer na unção do Espírito Santo para crer na preparação do intelecto.
-Estabelecimento de leis de cerca, regras para impedir os homens de pecarem.
-Adoção da atitude farisaica de medir,  julgar e comparar, em lugar de encorajar, suprir, animar, motivar,    interceder...
-Dar ouvidos aos enganos do coração que me dizem que não estou pronto, não sei fazer, não sou capaz, e  não crer que Ele faz tudo em todos.
-Nosso sistema de crenças nos oprime ou nos libera...(vc precisa ser um especialista para fazer qq coisa x  temos toda suficiência em Cristo).

Outras coisas que impedem o fluir.

-COBIÇA (querer obter benefícios às custas de outrem)
 ICo 10.6   Ora, estas coisas se tornaram exemplos para nós, a fim de que não cobicemos as coisas más,  como eles cobiçaram.
-IDOLATRIA (qualquer ser ou coisa que esteja acima de Deus em nossa vida)
 10.7   Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles; porquanto está escrito: O povo assentou-se para  comer e beber e levantou-se para divertir-se.
-IMORALIDADE (qualquer tipo de pecado sexual)
 10.8   E não pratiquemos imoralidade, como alguns deles o fizeram, e caíram, num só dia, vinte e três mil.
-COLOCAR O SENHOR À PROVA (pedir a bênção de Deus sobre algo que sabemos que Ele não aprova)
10.9   Não ponhamos o Senhor à prova, como alguns deles já fizeram e pereceram pelas mordeduras das serpentes.
-MURMURAÇÃO (qualquer tipo de reclamação, resmungo)
10.10   Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador.
-INCREDULIDADE

É necessário retirar todo o impedimento para a água voltar a fluir.

Isto se faz por meio de:
-Confissão: é concordar com Deus , Ele está certo , eu estou errado.
-Arrependimento: mudar o entendimento, pensar como Senhor.

Por mais entulhada que esteja a nascente, há água sob os entulhos.A ação correta fará com que ela volte com maior intensidade e melhor qualidade. O Cristo que habita em nós está à espera desta ação
Sl 46.4   Há um rio, cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.

A nascente de água junta-se a outras e formam um rio de vida, se todas as nascentes secarem o rio secará, ele necessita de todas as fontes, por mais insignificantes que pareçam.

SE QUISER OUVIR ESTA MENSAGEM, PROCURE NO YOUTUBE;  DAG GABLER - ÁGUA É VIDA.

11 comentários:

  1. Eeeessa é SUSTÂNCIA, autoridade! Devia ter posto o vídeo da palavra no final, ou o link...

    ResponderExcluir
  2. Único ponto de """discondância""" entre muitas aspas (a meu ver):

    >> "Nosso sistema de crenças nos oprime ou nos libera...(vc precisa ser um especialista para fazer qq coisa x temos toda suficiência em Cristo)":

    Concordo que temos toda suficiência em Cristo, mas... também concordo que há um abismo entre não precisar ser um especialista para fazer as coisas e não ser um especialista para fazer qualquer coisa. Também acho que ser um especialista para fazer certas coisas (especialmente as coisas em que você é especialista) não anulará de forma nenhuma a suficiência de Cristo, nem a reduzirá, por si só. O que creio que pode anular a apropriação da suficiência de Cristo num especialista é confiar plenamente em sua especialidade... e não plenamente em Cristo, apesar de tudo o que estudou. Eu, por exemplo, preferia entregar meu coração, em caso de necessária cirurgia, a um especialista ateu, do que a um leigo cristão (a menos que se tratasse de cura por meio unicamente de oração). Mas é claro que um cirurgião cardíaco cristão tem mais chances de me abençoar na cirurgia... caso entregue-se plenamente a Cristo para operar, E caso tenha sido um bom aluno de medicina (tanto ou mais que o ateu). Hehehehe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leandra vc entendeu muuuuuuito bem o que eu quis dizer, keep it simple...

      Excluir
  3. Mensagem pratica e edificante Dag Gabler. Obrigada por compartilhar.
    Lembrei de como Abraão e depois Isac, se empenhavam para cavar poços. Isac se dedicou, tanto para reabrir as fontes dos poços cavados por seu pai, que foram depois entulhados pelos inimigos filisteus, como também se mudou diversas vezes para abrir novos poços.

    ResponderExcluir
  4. Fico pensando como os discípulos viviam antes de receber as cartas dos apóstolos... elas foram super necessárias e cooperam conosco até hoje...

    Mas esses irmãos viveram, por grande parte do tempo de sua vida em Cristo, ou com a lembrança do Jesus que conheceram e ressuscitou, ou com uma palavra que havia alcançado seus corações!!!

    Viviam com pouquíssimo conhecimento (Até porque nem todos tinha acesso à toda escritura), porém viviam com a essência de Cristo... com pureza de coração...

    Cristo sempre usou exemplos claros do dia-a-dia pra se fazer entendido...e sempre esteve no meio dos pecadores porque quis e não porque tinha recebido uma ordem!!! Ele os amava e nos ama!!!

    Tenho entendido isso: Cristo é simples!!!! Ele não aprisiona: Ele liberta; Ele não condena: Ele ama!!!

    Thanks Mr. Dag por essa palavra!

    ResponderExcluir
  5. Excelente Post.
    A analogia é perfeita para o entendimento.

    ResponderExcluir