terça-feira, 5 de novembro de 2013

MORTE NA PANELA


O texto à seguir foi gerado em um tempo de profunda agonia de alma, ao ver os efeitos causados pela ingestão de alimento contaminado pela igreja, espero que sirva de alerta e de novo ânimo a todos.

Isaías
55.1   Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.

55.2   Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão, e o vosso suor, naquilo que não satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que é bom e vos deleitareis com finos manjares.

55.3   Inclinai os ouvidos e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, que consiste nas fiéis misericórdias prometidas a Davi.

55.4   Eis que eu o dei por testemunho aos povos, como príncipe e governador dos povos.

55.5   Eis que chamarás a uma nação que não conheces, e uma nação que nunca te conheceu correrá para junto de ti, por amor do SENHOR, teu Deus, e do Santo de Israel, porque este te glorificou.

55.6   Buscai o SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

55.7   Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos; converta-se ao SENHOR, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar.

55.8   Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR

55.9   porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos.

 55.10   Porque, assim como descem a chuva e a neve dos céus e para lá não tornam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come,

55.11   assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.

55.12   Saireis com alegria e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cânticos diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palma

55.13   Em lugar do espinheiro, crescerá o cipreste, e em lugar da sarça crescerá a murta; e será isto glória para o SENHOR e memorial eterno, que jamais será extinto.

Isaias 58 o jejum aceitável,

RA
 58.6   Porventura, não é este o jejum que escolhi: que soltes as ligaduras da impiedade, desfaças as ataduras da servidão, deixes livres os oprimidos e despedaces todo jugo?

NTLH
58.6   “Não! Não é esse o jejum que eu quero. Eu quero que soltem aqueles que foram presos injustamente, que tirem de cima deles o peso que os faz sofrer, que ponham em liberdade os que estão sendo oprimidos, que acabem com todo tipo de escravidão.


Morte na panela!

II Rs
4.38   Voltou Eliseu para Gilgal. Havia fome naquela terra, e, estando os discípulos dos profetas assentados diante dele, disse ao seu moço: Põe a panela grande ao lume e faze um cozinhado para os discípulos dos profetas.

4.39   Então, saiu um ao campo a apanhar ervas e achou uma trepadeira silvestre; e, colhendo dela, encheu a sua capa de colocíntidas; voltou e cortou-as em pedaços, pondo-os na panela, visto que não as conhecia.

4.40   Depois, deram de comer aos homens. Enquanto comiam do cozinhado, exclamaram: Morte na panela, ó homem de Deus! E não puderam comer.

4.41   Porém ele disse: Trazei farinha. Ele a deitou na panela e disse: Tira de comer para o povo. E já não havia mal nenhum na panela.


No correr dos anos somos imensamente agradecidos por aqueles que permanecem ao nosso redor , mas quantas pessoas já passaram por nossas congregações e vidas e sequer nos lembramos de seus nomes e histórias, ficaram pelos campos de batalha, nós os chamamos desertores, talvez alguns até o sejam, sabe Deus qual foi o real motivo de sua deserção. Possivelmente estejam ainda pelos campos moribundos, sentindo-se feridos e abandonados, à espera de um resgate.

O que nos impede de perceber que aquilo que nos parece prova incontestável de amor, pode ser interpretado, de forma legítima pelo outro, como uma invasão indevida na vida alheia???

Os nossos esforços só são eficazes, se forem compreendidos pelo próximo , por mais e melhor que pensemos fazer, só terá eficácia se entendido pelo outro, o outro é a medida, a compreensão e aceitação  do outro, é que é a prova aceitável de que agimos corretamente.

Se aquilo que estamos fazendo ao outro, não é percebido por ele como amor e aceitação, quanto mais o fizermos, mais nos afastaremos dele.
Temos trazido sementes de morte em nossas panelas. Intransigência, inflexibilidade, culto às posições, exigências descabidas, cerceamento da liberdade das pessoas, domínio das almas das pessoas, farisaísmo, comparações, dureza no trato das pessoas, muitas das vezes até com as melhores das intenções.

Qualquer acréscimo à pessoa de Cristo, ou seja Cristo + qq coisa para viver o reino,é morte na panela.

Eliseu não perdeu tempo buscando culpados, revendo a receita da sopa, separando os elementos, ou mesmo fazendo uma nova sopa, tão somente acrescentou um elemento novo, totalmente curativo, a farinha (trigo), o Cristo.

Temos crido mais em nossas fórmulas e ações, do que no Cristo que habita em nós!!!

Um apelo desesperado de Deus, minhas ovelhas estão perecendo por falta de conhecimento (não de informação intelectual), que caldo é este que temos dado às ovelhas???

No livro cartas de um diabo.. no último capítulo CS LEWIS descreve como a bebida predileta de satanás, o cálice da religiosidade, as vaidades, cobiças, disputas, preferências dos líderes religiosos, e suas nefastas conseqüências à fé.

A manifestação pura e simples do Cristo em nós é infinitamente superior a todos os nossos esforços, gemidos, doutrinas, apostilas, pregações etc... a grande falta é da expressão do Cristo em nossas vidas, a certeza desta presença em nossos irmãos, a ação baseada nesta doce verdade.

Ele não habita em nós por que encontrou alguma bondade ou justiça em nós, mas Ele nos fez justiça de Deus, por isto podemos ser transformados. Temos insistido numa relação de causa e efeito invertida.

O propósito de Deus é de que seu testemunho seja transmitido por meio de relacionamentos, não de programas de treinamento exaustivos, materiais sem fim, pregações intermináveis etc...

O contato com as nossas palavras sem a intimidade de nosso relacionamento tem criado uma realidade distorcida, totalmente diferente de nossa intenção inicial, da mesma forma, o “conhecimento bíblico” sem o relacionamento com o Cristo em meus irmãos, produzirá uma monstruosidade, um Frankenstein, imagem do homem, no lugar do bendito corpo de Cristo na terra.
O que temos feito com a preciosidade que Deus nos Deus???
Que metamorfose maligna é esta que transformou as boas novas do Reino de Deus em exigências, demandas, obrigações, deveres sem fim??? Estas coisas tem matado nossos corações. Até quando continuaremos cavando cisternas rotas???

Quem nos outorgou o direito de dominar sobre outros sob qualquer pretexto???

Que o Cristo seja urgentemente entronizado em nossa vida.
Há muitos anos li uma parábola de um ônibus e era mais ou menos assim:
Havia um ônibus muito grande e confortável, que levava as pessoas aonde necessitassem, neste ônibus haviam pessoas muito gentis que convidavam as outra a entrarem no mesmo e desfrutassem das maravilhas oferecidas, sem necessitar pagar passagem. Sempre exaltando as características do fenomenal motor ,que impulsionava o ônibus por onde este fosse.

Certa feita os que convidavam os demais entenderam que deveriam conhecer melhor o motor e retiraram-no do ônibus e se puseram a desmontá-lo e descrever minuciosamente cada parte do mesmo. Enquanto isto, tiveram uma brilhante idéia,  continuemos fazendo o ônibus andar nós mesmos, empurrando-o, depois que estiver cheio e já tivermos explicado aos passageiros como era magnífico o motor que impulsionava o ônibus, nós solicitamos a eles que ajudem a empurrar o ônibus, para que outros possam também ouvir dizer de quão maravilhoso era o motor do ônibus...

Me parece que “abrimos”  o motor dos ônibus em milhares de pedaços e queremos conhecê-los minuciosamente, 12 passos para isto, fórmulas para o sucesso, 3 elementos para aquilo, 10 leis da reunião caseiro, 200 princípios fundamentais para a vida familiar, 20 coisas que não podem faltar no louvar, e não sei mais quantos milhares de páginas de informações básicas e essenciais para que as coisas funcionem, mas não conseguimos mais desfrutar da potência do motor, esquecemo-nos de que o todo é muitíssimo maior do que as partes!!!

A maravilha é que o “motor” só está fragmentado em nossas mentes, Ele continua o mesmo ontem, hoje e será eternamente.

Chega de empurrar o ônibus, deixemos o “motor “ fazer isto por nós.   


O cristianismo, sem a presença manifesta do Cristo, é uma religião mais severa do que a dos fariseus, esta é a grande perda do evangelho hoje, a doutrina, por melhor que seja, sem a expressa manifestação do cordeiro é mera letra morta, não serve de nada, as melhores práticas morais, intelectuais, éticas, sem a presença do cordeiro, de nada serve aos propósitos de Deus.

Para ouvir esta mensagem: Dag - Graça para todos -  http://www.4shared.com/mp3/B91yln0E/Dag_-_Graa_de_Graa_para_todos.html?

2 comentários:

  1. Glória a Deus por está palavra Dag! Já ouvi alguns irmãos compartilhar algumas coisas sobre ela, mas ainda não tinha tido a oportunidade de ouvir/ler ela por completo. Fui muito edificada. Que o Senhor continue abrindo os olhos do seu entendimento. E me dê a graça de compreender e viver esta palavra.

    ResponderExcluir
  2. Muito massa a analogia do motor.... tremendo!!! Realmente é mais importante viver no Amor que é Cristo do que tentar, erroneamente, descrevê-lo com o intelecto humano.

    ResponderExcluir