quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O HOMEM E A MULHER



O homem é a mais elevada das criaturas.
A mulher é o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem um trono.
Para a mulher, um altar.
O trono exalta.
O altar santifica.
O homem é o cérebro; a mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz; o coração produz Amor.
A luz fecunda.
O Amor ressuscita.
O homem é forte pela razão.
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence.
As lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos.
A mulher, de todos os martírios.
O heroísmo enobrece.
O martírio sublima.
O homem tem a supremacia.
A mulher, a preferência.
A supremacia significa a força.
A preferência representa o direito.
O homem é um gênio; a mulher, um anjo.
O gênio é imensurável; o anjo, indefinível.
Contempla-se o infinito.
Admira-se o inefável.
A aspiração do homem é a suprema glória.
A aspiração da mulher é a virtude extrema.
A glória faz tudo grande.
A virtude faz tudo divino.
O homem é um código.
A mulher, um evangelho.
O código corrige.
O evangelho aperfeiçoa.
O homem pensa.
A mulher sonha.
Pensar é ter no crânio uma larva.
Sonhar é ter na fronte uma auréola.
O homem é um oceano.
A mulher um lago.
O oceano tem a pérola que adorna.
O lago, a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa.
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço.
Cantar é conquistar a alma.
O homem é um templo.
A mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos.
Ante o sacrário nos ajoelhamos.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra.
E a mulher onde começa o céu.

Victor Hugo (1802 - 1885)

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

causa e efeito



1Pedro

2.1   Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências,
2.2   desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação,
2.3   se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso.

Interessante notar neste texto a afirmação de Pedro, “se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso”, ou seja as direções anteriores foram dadas mediante esta condição, afinal nós seres humanos, agimos por este princípio, só abandonamos antigos hábitos e valores, se compreendemos que há algo melhor a viver!!!

É infrutífera a tentativa de produzir os efeitos, se não tivermos a causa correta. Assim só faz sentido a alguém despojar-se da maldade, dolo, de hipocrisias, invejas, de toda sorte de maledicências e desejar ardentemente o genuíno leite espiritual, se este alguém já experimentou que o Senhor é bom, pois até isto acontecer, ele vive segundo o seu entendimento de que o que importa é levar vantagem em tudo, assim ele crê e vive em função disto, afinal ele foi instruído desta forma e olhando ao seu redor o que ele vê é isto.

Ora, experimentar pessoalmente que o Senhor é bom faz toda a diferença, pois isto estabelece uma nova ordem de valores na vida de uma pessoa, os olhos do entendimento são abertos para uma nova dimensão, podemos ver que existe um novo modo de viver, o apostolo Paulo disse “ o que para mim era lucro, agora considero como perda” e explica o porquê, “por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo”, então experimentar a bondade do Senhor é fundamental.

domingo, 3 de agosto de 2014

REALIZANDO SEU PROPÓSITO








Alguma vez seu carro novo quebrou no meio do trânsito? Você sai e dá um chute nos pneus. Você o amaldiçoou porque ele não cumpriu seu propósito. Ele era novo e bem polido. Mas não estava funcionando. O que fez com que você se irritasse com o carro? Simples, o propósito do carro era transportá-lo, levá-lo de um lugar a outro, mas agora já não pode levá-lo a lugar algum. Não importa a bela aparência do carro, ela não era própria; o carro não estava cumprindo seu propósito.

Muitos homens são como aquele carro. Estão parados no meio do trânsito e nem se dão conta disso. Passam sua vida fazendo coisas que parecem boas, mas não conhecem a Deus ou conhecem muito pouco sobre Ele e seus caminhos.

Temos de compreender que boas obras não substituem a retidão. Conhecer e cumprir os propósitos de Deus é a única maneira de saber o que é certo. Lembre-se do novo verso fundamental: "Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do Senhor permanecerá."(Provérbios 19:21) Uma das razões da importância desse verso é que muita gente pensa em fazer boas obras como que comprando uma passagem para o céu. É muito perigoso tentar subornar a Deus. Deus não se impressiona com todas as coisas boas que fazemos. Ele espera que façamos aquilo que Ele nos manda em primeiro lugar.

Descobrir nosso propósito nos habilita a parar de gastar nossa vida e começar a cumprir nosso potencial. No entanto, devemos tomar cuidado para não nos desviar no caminho. A melhor maneira de destruir alguém é distraindo alguém de seu verdadeiro propósito na vida. Às vezes, as pessoas farão isso sem intenção, como vimos no caso de Pedro e Jesus. No entanto, intencionalmente ou não, devemos aprender a permanecer firmes no propósito para o qual fomos criados.

Trecho do livro "Entendendo o Propósito e o Poder dos Homens" de Myles Munroe