segunda-feira, 11 de agosto de 2014

causa e efeito



1Pedro

2.1   Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências,
2.2   desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação,
2.3   se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso.

Interessante notar neste texto a afirmação de Pedro, “se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso”, ou seja as direções anteriores foram dadas mediante esta condição, afinal nós seres humanos, agimos por este princípio, só abandonamos antigos hábitos e valores, se compreendemos que há algo melhor a viver!!!

É infrutífera a tentativa de produzir os efeitos, se não tivermos a causa correta. Assim só faz sentido a alguém despojar-se da maldade, dolo, de hipocrisias, invejas, de toda sorte de maledicências e desejar ardentemente o genuíno leite espiritual, se este alguém já experimentou que o Senhor é bom, pois até isto acontecer, ele vive segundo o seu entendimento de que o que importa é levar vantagem em tudo, assim ele crê e vive em função disto, afinal ele foi instruído desta forma e olhando ao seu redor o que ele vê é isto.

Ora, experimentar pessoalmente que o Senhor é bom faz toda a diferença, pois isto estabelece uma nova ordem de valores na vida de uma pessoa, os olhos do entendimento são abertos para uma nova dimensão, podemos ver que existe um novo modo de viver, o apostolo Paulo disse “ o que para mim era lucro, agora considero como perda” e explica o porquê, “por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo”, então experimentar a bondade do Senhor é fundamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FORÇA X CÃS

Força x cãs   Muitas vezes ouvi de meu pai a seguinte frase; ah... se eu tivesse hoje a sua idade, com a...