quarta-feira, 14 de maio de 2014

Submissão da mulher: princípio bíblico ou manipulação machista???







Submissão da mulher: princípio bíblico ou manipulação machista???

Sei que este é um tema polêmico e não pretendo ter a reposta definitiva, mas quero expor alguns pensamentos que tem me ocorrido, no passar dos anos e observando as circunstâncias.
Normalmente temos observado a história do homem à partir de Gn 3, quando ocorreu a queda, até mesmo porque antes disto temos “apenas” dois capítulos escritos, narrando a história da criação. Nos últimos tempos ouvi e li algumas observações sobre estes dois capítulos que considero bastante esclarecedoras.
Normalmente quando desejo conhecer melhor um assunto, pessoa ou produto, busco conhecer suas origens, qual foi a intenção primeira para que foi criado, qual o propósito original, isto me deixou pensativo, se no geral temos esta preocupação, por que insistimos em olhar o homem após a queda, sem considerar o projeto inicial??? 
Até pregamos que a morte do Cristo na cruz veio nos levar de volta ao ponto de onde nunca deveríamos ter caído, porém a nossa prática diária, não leva isto em consideração e continuamos agindo como seres decaídos, pecadores buscando se santificar, ora se de fato a cruz nos restaura a imagem e semelhança de Deus, agora nossa situação se inverteu, somos santos lutando contra o pecado!!!
Voltemos ao relato de Gênesis
1.26   Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.
________________________________________
1.27   Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
________________________________________
1.28   E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.
________________________________________
1.29   E disse Deus ainda: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente e se acham na superfície de toda a terra e todas as árvores em que há fruto que dê semente; isso vos será para mantimento.
________________________________________
1.30   E a todos os animais da terra, e a todas as aves dos céus, e a todos os répteis da terra, em que há fôlego de vida, toda erva verde lhes será para mantimento. E assim se fez.
Após o magnífico relato da criação de todas as coisas na terra, o escritor mostra a forma maravilhosa pela qual o Criador faz sua obra prima, a raça humana, observe o verso 27, homem e mulher os criou, ora isto mostra que no momento da criação o propósito não era o de criar um gênero (macho, fêmea), mas uma espécie, a espécie humana, portadora da imagem e semelhança de Deus, não há aqui neste relato qualquer distinção de função e valor para homem e mulher, a ambos foi dada a imagem, o poder a autoridade e a tarefa, não há neste verso nenhuma referência a posição e função, homem e mulher foram criados em igualdade de condições, ambos com livre acesso ao Criador e portadores de Sua imagem e semelhança. E resultado de tudo agradou ao Senhor, “viu Deus que tudo era muito bom”...
Interessante demais notar o verso 28, “dominai sobre as aves do céu, os peixes do mar, os animais que rastejam sobre a terra”... primeiro a ordem foi dada à espécie humana e não ao macho da espécie, segundo, o domínio é sobre aves, peixes, animais, nenhuma referência a dominar sobre outro ser de sua própria espécie, tampouco exercer domínio sobre Eva!!! Preste atenção, não é dado domínio a um homem sobre outro homem (homem = raça humana). Tão pouco vemos aqui qualquer ordem ou permissão de destruir a terra, mas de sujeitá-la, lembremos que esta ordem foi dada a um ser que ainda não conhecia o pecado.
No capítulo 2, o escritor descreve com mais detalhes, como isto tudo se deu, mostrando o cuidado e atenção dada pelo Criador à sua obra prima, Ele pega o pó da terra e molda o homem, depois sopra o fôlego de vida sobre ele, o homem então passa a ser alma vivente. Quando descreve a formação de Eva, o texto nos diz que ela foi desejada por Adão, quem sabe era exatamente este o propósito de Deus, que o Adão suspirasse por uma adjutora à sua exata semelhança, não superior e nem inferior, afinal esta é osso de meus ossos e carne de minha carne, ele suspira, não há aqui qualquer referência a primeiro e segundo, maior e menor, mais e menos, etc...
No correr do capítulo 3 é descrito o desastre, Eva dá ouvidos à conversa da serpente e atraída pela cobiça, decide provar do fruto  e o dá a Adão, interessante notar que a isca foi para que Eva fosse “como o altíssimo”, mas isto ela já o era. Lembrem-se, à sua imagem os criou... após isto as coisas mudaram radicalmente no trato de Deus com a humanidade, veremos um pouco à frente.
Onde estava Adão nesta hora??? Muito provavelmente, não estava muito longe, e o que ele fez??? Nada. Eva ainda tem a seu favor o fato de ter sido enganada, mas Adão foi incapaz de intervir e impedir que o fato se consumasse, nem um grito de desespero, Eva não coma!!! Afaste-se deste bicho, ele está te enganando!!! Nem um sinal de Adão, ele  se omitiu....
Aqui começa o drama de Adão e Eva, pela primeira vez Adão coloca Eva acima de seu relacionamento com Deus, isto desencadeia uma série de problemas, agora Adão para se sentir validado como homem, passa a depender de Eva e quando faz isto ele perde sua identidade. Cada vez que um homem vai à mulher em busca de validação, ele está destruindo sua identidade e se tornando refém de Eva. Cada vez que ele interrompe este processo e busca em Deus a sua validação, ele está refazendo sua identidade original e mais apto a ser o que foi planejado para que fosse.
Na viração do dia Deus vem conversar com sua criatura, como de hábito, mas desta vez ela havia se escondido, sentiram vergonha pois estavam nus. Deus então diz lhes as consequências de seus atos, dentre eles, diz à Eva “o teu desejo será para o teu marido”, por muito tempo li isto mais ou menos assim: Eva, você fez o que não devia, agora vou te dar um castigo para você nunca se esquecer, já que você quis algo além de mim, agora você terá de agradar ao seu esposo em tudo e sem reclamar, para ver se você aprende alguma coisa, e vi inúmeros homens se valerem disto para oprimirem suas esposas... que tolice!!! 
Hoje me parece muito mais sensato pensar assim: Eva, você tinha tudo de que necessitava para viver plenamente em sua comunhão comigo, inclusive, um esposo, seu semelhante, com quem desfrutar desta experiência, agora, por tua escolha, você declarou que Eu não sou suficiente, então, você terá uma nova ocupação, o desejo mais íntimo do teu coração estará dividido e você desejará ser aprovada e amada por seu marido, eu quisera te poupar das dores que isto pode causar, mas tua escolha te levou a isto... o desejo de Eva que era exclusivamente para Aba, agora tem novo destino, Adão, e um Adão decaído...
3.26   Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;
________________________________________
3.27   porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes.
________________________________________
3.28   Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
________________________________________
3.29   E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa.
Se fomos revestidos de Cristo, voltamos a ser imagem e semelhança de Deus...

Necessário se faz entender um pouco mais sobre submissão, submeter-se é um ato voluntário nascido do fato de considerarmos cada um o outro superior à si mesmo, ou seja colocamos os outros em lugar de mais importância do que nós mesmos, isto nada mais é do que a aplicação prática do amor de Deus em nossas vidas. Submissão não tem nada à ver com subserviência, subjugo, escravidão etc... de posse do entendimento de Deus do que é a submissão, eu me coloco neste lugar. Como dizia Lutero, o cristão é o mais livre de todos os senhores e não está sujeito a ninguém, o cristão é o mais humilde de todos os servos e está sujeito à todos... o amor à Deus e ao meu próximo, me faz submisso. Neste sentido, cada vez que deixo de lado meus interesses e priorizo os de minha esposa, filhos, amigos, inimigos, etc... estou me sujeitando a eles e cumprindo o que Paulo ensina em Ef.4, submetei-vos uns aos outros!!! É os maridos também devem se submeter a suas esposas e filhos, ou estes estão em alguma outra categoria que não “outros”??? Posso afirmar por experiência própria que este tipo de submissão em nada prejudica o exercício do ministério do “cabeça da casa”, não compromete o ensino e a ordem na casa de Deus, mas coopera para a existência de mulheres mais expressivas, verdadeiras adjutoras, filhos mais seguros, menos exigentes, que tem a liberdade de seguir o seu caminho com Deus sem se perder na sombra de seu pai, que muitas vezes pensa e age como um “macho alfa”, o que é muito bom para lobos, mas de forma alguma é a maneira bíblica de exercer governo e autoridade.
Certa vez ouvi de um irmão, “não existe mulher rebelde, existe mulher mal governada”... observe que em Ef 5 no mesmo texto Paulo fala da submissão da mulher e do amor do homem, sinceramente acredito ser muito difícil que a esposa de um homem que a ama como Cristo amou a Igreja (literalmente) consiga se manter rebelde por muito tempo, ele vera com muita facilidade que é melhor o caminho da submissão do que o do confronto, normalmente o que tenho visto é maridos estressados com o assunto da masculinidade, inseguros de seu papel na vida, de sua conformação à imagem de Cristo se comportarem como “galos de briga” e em pé de guerra, prontos para debelar qualquer indício de “golpe de estado”, usando para isto as mesmas armas dos ditadores; intimidação, força desproporcional, propaganda negativa, chantagem e até pancadas mesmo, em casos extremos, amigos e amigas nada disto é vontade de Deus, e tampouco necessário, há um caminho sobremodo excelente...em minha trajetória tenho percebido que quanto maior a autoridade legítima de alguém, menos necessidade ele tem de ser visto ou notado, sua influência é percebida pelo estímulo que traz às pessoas para darem o seu melhor, Provérbios de Salomão diz que a esposa é a coroa do marido, ou seja quer saber quem um homem é de fato, veja como é sua esposa. Tenho por certo de que muita “rebeldia” feminina, na verdade é um grito de socorro por atenção e uma tentativa de se defender das contínuas grosserias e maus tratos de seus maridos, até um animal irracional, por mais dócil que seja em seu normal, quando acuado em um canto sem saída, pode se tornar extremamente agressivo ou deprimido. Não é diferente com os humanos, trate bem sua esposa, você só tem à ganhar.
O relacionamento do casamento foi dado por Deus não como uma forma de dominação do macho sobre a fêmea, mas como uma forma inigualável de relacionamento onde um mais um é muito mais que dois. É uma nova unidade, em todos os sentidos, maior do que a soma inicial. Creio firmemente que o casamento e a família gerada a partir daí é o lugar projetado no coração de Deus para refletir a glória do relacionamento da trindade, onde Pai, Filho e Espírito vivem em plena comunhão e harmonia, sem disputas, sem necessidades de um prevalecer sobre o outro, em plena paz!!! Queridos a união matrimonial tem o propósito de transmitir a Glória de Deus na terra, jamais de perpetuar domínio e controle de um ser sobre o outro, homem e mulher se completam, “melhor é serem dois do que um”... ao colocar dois seres tão diferentes e tão semelhantes juntos, Deus desejava que um fosse o suporte do outro e que ambos cumprissem plenamente o propósito de Deus em suas vidas, com a cooperação do outro, jamais às custas do outro.
Muitas vezes em nossa infantilidade masculina, confundimos firmeza com dureza, sim, espera-se de um homem maduro que ele seja firme, estável, confiável, inabalável, alguém em que se pode confiar, um suporte, coluna, que não se deixa levar pelas correntes da vida, isto é altamente desejável e não tem nada à ver com dureza, ser duro significa ser áspero, rude, bruto, intolerante, arrogante, incompassível... isto em nada reflete o caráter do Cristo!!! Ou seja não há nenhuma correlação entre dureza e firmeza, pelo contrário é possível ser muito duro e instável ao mesmo tempo. Os efeitos da dureza na vida de um pai de família são extremamente danosos e podem ser sentidos mesmo gerações á frente, as feridas causadas são de difícil cicatrização e custarão um alto preço, abandonemos isto enquanto há tempo.
Outra confusão é a que fazemos com as palavras terno (brando) e fraco. Ternura tem à ver com afetuosidade, brandura, suavidade,ser agradável, falar em tom ameno. Fraqueza por sua vez nos remete ao medo, insegurança, incapacidade, vacilante, assim sendo, é possível sermos firmes como uma rocha e ternos como um cordeiro ao mesmo tempo. Também podemos ser extremamente duros e esta dureza só mostrará o tamanho de nossa fraqueza!!! Sim homens o desejável é que todos sejamos firmes e ternos!!!
Alguns versículos para esclarecerem estes dois últimos parágrafos.

Gálatas
6 - 1   Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado.
IITimóteo
2 - 24   Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deve ser brando para com todos, apto para instruir, paciente
Provérbios
16 - 24   Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e medicina para o corpo.
Cantares
5 - 16   O seu falar é muitíssimo doce; sim, ele é totalmente desejável. Tal é o meu amado, tal, o meu esposo, ó filhas de Jerusalém.
Provérbios
16 - 21   O sábio de coração é chamado prudente, e a doçura no falar aumenta o saber. 
Provérbios
27 - 9   Como o óleo e o perfume alegram o coração, assim, o amigo encontra doçura no conselho cordial.
Provérbios
15 - 1   A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.
Eclesiastes
8 - 1   Quem é como o sábio? E quem sabe a interpretação das coisas? A sabedoria do homem faz reluzir o seu rosto, e muda-se a dureza da sua face.
Ezequiel
34 - 4   A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza.
Colossenses
3 - 12   Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade.
Isaías
63 - 15   Atenta do céu e olha da tua santa e gloriosa habitação. Onde estão o teu zelo e as tuas obras poderosas? A ternura do teu coração e as tuas misericórdias se detêm para comigo!
A aplicação destes princípios simples pode revolucionar a nossa vida...
Indico a todos que utilizem o texto de ICo 13 como um guia para os relacionamentos em sua vida, faça uma experiência; durante três meses leia e medite neste texto com toda a sua família, faça como se fosse um remédio a ser tomado três vezes ao dia, à medida em que for se familiarizando com o texto aplique-o ao seu dia a dia, se fizeres isto com fidelidade e suplicando ao Espírito Santo que faça deste o teu caminho, te afirmo, jamais a tua casa será a mesma.
Em nenhum dos quatro evangelhos vemos qualquer referência de Jesus à mulher como tendo um papel secundário ou de menor importância, Ele era servido por elas, Maria se assentou a seus pés para ouvir, e foi elogiada por isto, falou com uma mulher samaritana, numa época em que isto era inadmissível!!! Julgou a causa de uma mulher adúltera, permitiu que uma mulher ungisse seus pé com perfume caro, atendeu ao pedido de Marta e ressuscitou a Lázaro, as mulheres foram as primeiras a ver o túmulo vazio, ou seja o Mestre, ao contrário da cultura dominante, não fez distinção de valor das pessoas por serem homens ou mulheres.
Fica ainda a questão das orientações de Paulo à participação das mulheres na igreja, a mulher aprenda em silêncio, não permito que a mulher ensine ao marido, que a mulher use o véu (interessante que homens que defendem com unhas e dentes o silêncio das mulheres não exijam o uso de véu...), sim creio que estas são palavras de Deus como ademais toda a escritura e faremos muito bem em atendê-las, o que me causa profunda rejeição e mesmo dor em meu coração é ver homens inseguros e medrosos, oprimirem suas mulheres exigindo respeito, submissão, silêncio, comportamento adequado, oprimindo suas esposas ao ponto de deixá-las como verdadeiras mortas, vivas, sem expressão. Homens tolos que com seu machismo travestido de espiritualidade, abusam de sua autoridade como cabeças da casa  e se arvoram do alto de suas pobres compreensões e certezas se jactando de que em suas casas quem manda são eles. Que pobreza de espírito e compreensão, não percebem tais homens que estão enganados na origem de suas intenções, estão na realidade usurpando uma posição que não lhes foi dada, oprimindo suas casas, jogando contra sí mesmos, fazendo um plantio do qual em algum momento os frutos aparecerão, e creia-me não serão bons frutos. Um ser humano acuado em algum momento se revoltará e o dano será grande. Senhores estes homens descritos acima estão servindo a seus próprios egos e não à Cristo, ser cabeça da família não significa em hipótese alguma se tornar um tirano egocêntrico que se exaspera a cada vez que seu “reino” pessoal é pretensamente ameaçado pela megera indomada com a qual se casou. Aliás homens que pensam assim jamais deveriam ter se casado, tal é o dano que trazem a suas casas. Arrependei-vos é a única palavra cabível em tais casos. Chega de abuso espiritual.
Ó homens tolos que em sua estupidez tem transformado suas ajudadoras em seres hostis, desmotivadas, ressentidas, amarguradas, tristes, desgostosas da vida, amedrontadas, como obter real ajuda e cooperação de uma mulher intimidada??? Deus vos deu às vossas esposas para resgatá-las, livrá-las das garras do inimigo e vocês as fazem novamente prisioneiras de seus caprichos, inseguranças, necessidade de aprovação??? Tua esposa foi feita para a glória de Deus e te foi dada como companheira idônea (à tua altura) não como serva comprada no mercado de escravos para satisfazer teus desejos e apetites. O homem que reclama de sua esposa está reclamando de si mesmo, afinal foi dada ao homem a incumbência de apresentar a esposa a si mesmo santa e sem defeito, conforme Ef 5  e isto se faz pela palavra de Deus e se entregando pela esposa.
Liberte-se de suas neuras e amarras, ninguém quer tomar seu lugar na terra, teu inimigo não é tua esposa, ele tem nome, e acredite, não é o nome de tua esposa, após ser liberto, liberte tua esposa de todo jugo e domínio indevidos, mude suas atitudes e juntos libertem seus filhos de tuas expectativas carnais de sucesso, de prosperidade. Faça as pessoas livres e elas te seguirão, inspire sua casa por meio de sua vida piedosa, conduza os seus com firmeza e com ternura, foi para isto que você foi feito, reflita em seus atos o governo de Cristo, não o dos tiranos desta terra, o primeiro no meio de nós é aquele que serve, seja o primeiro com as bases certas, sua presença e autoridade deve ser amada e desejada, e não temida e ressentida.
Nós declaramos com nossas bocas que aqueles que estão em Cristo são nova criatura, ajamos de acordo com isto, creiamos que a esposa de cada um de nós foi transformada por este Cristo e que agora tem um novo coração. Assim o desejo íntimo deste novo coração é de acertar o passo com o mestre.  
O exercício de autoridade sem estar sujeito à autoridade de Cristo é usurpação, usurpar é o mesmo que utilizar algo que não ter pertence para obter vantagens pessoais, valer-se do nome de outro para fazer o que te interessa,falsidade ideológica, isto não ficará impune, as consequências virão e serão ruins demais, o Filho do homem não usurpou o ser igual a Deus, antes se esvaziou e se humilhou, até a morte... Fp2;5-9 como podemos nós usurpar a autoridade dEle, nos aproveitar de Sua palavra em benefício próprio (o pior é que nem nos beneficia de fato esta atitude). Não nos iludamos, todo uso indevido da palavra de Deus é como um boomerangue, sempre volta para quem o lançou... o bem ou o mal que você fizer à sua esposa, será bem ou mal feito a você mesmo em última análise Aqui temos outro problema dos “cabeçudos” (não dos que realmente agem como cabeça) eles pensam que a medida de fazer o bem ou não é determinada no tribunal de sua própria consciência, meu amigo, se sua esposa não compreender que o que você está fazendo é um bem, de nada vale o seu esforço. Quem pode avaliar se o que estamos fazendo causa bem ou mal é o “beneficiário” de nossa ação e não nós mesmos. Trocando em miúdos de nada vale trocar o carro por um melhor “para a família” se o que a esposa necessita é de um novo ferro elétrico...
Faremos muito bem em nos lembrar que, como em nosso corpo natural, a cabeça não é feita exclusivamente para dar ordens e comandar, ela também sofrerá juntamente com o corpo por ordens mal dadas, decisões infelizes, erros que venha a cometer, de nada adiantará a cabeça ficar dizendo, viu eu te disse!!! No fim das contas é a cabeça que arcará com as consequências de todas as coisas, é ela que ficará ocupada buscando alternativas, soluções e respostas....
A anulação da mulher em nome de pregação de Paulo, a meu ver é uma tremenda confusão teológica, uma heresia machista que gerou a outra heresia feminista, relegar a mulher a um segundo plano inferior como se fosse um ser menor, menos nobre, alijando-a dos processos da família, ignorando seu entendimento e emoções é, a meu ver, uma aberração espiritual, que traz como consequência mulheres feridas, tristes, amarguradas, em alguns casos desesperadas e deprimidas, em nada glorifica o nome de Deus e ocasionará em algum tempo uma reação indesejável seja da esposa ou dos filhos que se cansam da “macheza” (nem sei se existe tal palavra...) de seus pais e saem em busca de outro modelo menos opressor. Além do que, tem privado as famílias e a comunidade em geral de receberem das riquezas de Cristo, que estão dentro destas mulheres, e que aí foram colocados por Deus para abençoarem todas as famílias da terra. Quem saberá quanta riqueza foi sepultada juntamente com mulheres que não puderam dar o melhor de suas vidas, porque foram impedidas por homens zelosos, porém sem entendimento.
Infelizmente depois de dois mil anos de boa nova, ainda temos que escrever coisas como estas, que o Senhor se compadeça de nós e nos ilumine o entendimento para deixarmos de lado o que não convém e sermos reeducados por Sua graça.
É parece que isto virou mais um desabafo do que simples considerações, mas lá vai.

7 comentários:

  1. Quanta riqueza!!! Obrigada por compartilhar!!!! :)

    ResponderExcluir
  2. Dag querido. Cada dia me torno mas grato ao Senhor, de te-lo como pastor, amigo e irmão. Concordo em gênero, número e grau. E como não concordar, se é a mais pura palavra de Deus. Glória a Deus por essas mulheres maravilhosas presentes de Deus. Para aqueles que afirmam que Paulo era machista vale a pena lembrar o que ele escreve em 1 Cor 7.4 A mulher não tem poder sobre o próprio corpo, mas o marido; NEM O MARIDO TAMBÉM TEM PODER SOBRE O PRÓPRIO CORPO, E SIM A MULHER. Me parece que Paulo aqui, define que a submissão seja uma via de mão dupla. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Que palavra!!! Que Deus continue falando através de vc! Bjo

    ResponderExcluir
  4. Amado Dag.

    Glória a Deus pela revelação e coragem dadas a você pelo Espírito de Deus para que elucidasse de maneira tão clara e bíblica a posição da mulher dentro de um relacionamento conjugal estável.
    Por anos tenho compartilhado não só minha vida, bem como meus sonhos e anseios com a mulher que Deus escolheu para mim e temos desfrutado de profundo crescimento e aprendizado diário quanto ao que vem a sermos "Um".
    Oro para que o Senhor lhe dê profunda nitidez e intrepidez para que no futuro outros temas obscuros também ganhem "Vida" e saiam definitivamente do ostracismo.
    Vamos em frente porque isto é só o começo!!!
    No amor do Senhor Jesus: Ari Salgado

    ResponderExcluir
  5. Senti minha alma saciada! Que bom te ouvir lendo, Dag. Agora entendi por que Eva foi enganada. Sempre me perguntei: Como? Ela sabia da ordem de que não podia comer o fruto. O engano estava sutilmente na fala da serpente: "Serás como Deus". Ela já era!!!! Tremendo. Saudade de vc e de sua família, querido e amado irmão.

    ResponderExcluir
  6. Bem Dag, se foi desabafo ou não, fez bem a quem leu com certeza ! É ridículo pensar que homem e mulher tem valores, importância ou inteligência graduada por ocuparem funções diferentes... Temos a mesma imagem e semelhança restaurada e sendo edificadas ... Mesmo Cabeça que é Cristo, mesmo Senhor... E um depósito de graça igual feito pelo mesmo Autor da Vida de ambos... Sou um contigo! Grite nos eirados.

    ResponderExcluir

FORÇA X CÃS

Força x cãs   Muitas vezes ouvi de meu pai a seguinte frase; ah... se eu tivesse hoje a sua idade, com a...