quarta-feira, 21 de maio de 2014

UMA BREVE MEDITAÇÃO EM RM 8



“Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isto fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado.
A fim de que o preceito da lei se cumprisse em nós que não andamos segundo a carne , mas segundo o Espírito”.     Rm 8:3-4

“Aquele que não conheceu pecado,Deus o fez pecado por nós, para que nEle fôssemos feitos justiça de Deus”.     II Co 5;21

Por mais que nos esforcemos na carne para observar a lei tudo que colheremos é cansaço e frustração, a verdade é que ainda que estejamos cheios de intenção e de boa vontade, não somos capazes de cumprir a lei e de agradar a Deus, de fato sem fé é impossível agradar à Deus...
Em nossa luta contínua por sermos aceitos e amados criamos um sistema mortífero chamado meritocracia, ou seja se formos bonzinhos receberemos recompensa, os mauzinhos serão punidos, coisas ruins não acontecerão a pessoas boas, coisas boas não acontecerão a pessoas más, e etc... aquele estereotipo alimentado tão bem por hollywood e seus melodramas onde o bom moço sempre se dá bem no final. Acontece que a vida real não é bem assim. Caminhamos assim numa eterna insegurança  será que sou amado ou não??? Que fazer para ser amado e aceito??? Qual o comportamento que devo adotar para que seja aprovado??? Errei, e agora???
Mesmo depois de quinhentos anos de reforma e de dois mil anos de evangelho continuamos nos esforçando para agradar a Deus, para termos méritos diante dEle.
O fato é que por obras ninguém jamais foi ou será justificado, pois o melhor de nossa justiça aos olhos de Deus é como trapo de imundícia, ou seja absorvente íntimo, somos incapazes de satisfazer o padrão Divino, cabe a nós corarmos de vergonha e prantearmos diante dEle.
Em nossa busca por méritos ficamos todo o tempo medindo, comparando, julgando, pois nos achamos dignos de qualquer coisa, ou pelo menos, mais dignos que os demais.Fazemos listas e mais listas de comportamentos e atitudes aceitáveis, tentamos tornar boa a nossa carne , que na verdade foi destinada à cruz. Desventurado homem que sou, quem me livrará desta morte??? Graças a Deus por Cristo Jesus....
Nossa vida por muitas vezes se desespera pois afinal somos casados com a lei e com o pecado, a lei avulta o pecado que há em mim e ela mesma é santa justa e boa, além de eterna. O casamento é um vínculo vitalício, então estamos ligados à lei enquanto vivermos, como resolver este problema??? A solução é que nós sejamos incluídos na morte e ressurreição de Cristo, assim morrendo nós a lei e o pecado ficam viúvos, e nós que já morremos estamos livres para nos casarmos novamente, agora com Cristo  e isto não é bigamia pois morremos de fato com Ele, nos tornamos participantes de Sua morte e também de sua ressurreição. ALELUIA!!!
Cristo morreu por nós quando ainda éramos pecadores, quem se animaria a morrer por um pecador????
Amados Deus de tal maneira nos amou que deu Seu único filho....
Não há nada que possamos fazer para sermos mais amados por Deus e nada que possamos fazer para sermos menos amados por Ele.
A aceitação é obra de Deus, não minha, jamais serei suficientemente bom para ser aceito.
Entendo que Deus nunca desejou que nos achegássemos a Ele por medo, por segundos interesses, não, o projeto é que nos acheguemos a Ele por que Ele nos amou primeiro e deseja ardentemente relacionar-se conosco, se não fosse por meio do Filho qualquer olhadela de Deus seria suficiente para destruir-nos, mas Ele nos enxerga por meio do Filho e assim somos incondicionalmente aceitos, amados, desejados, ainda que sejamos aos nossos olhos e aos olhos dos demais, andrajosos, maltrapilhos, trapalhões. Às vezes imagino Davi em nossas congregações, será que algum de nós o chamaria de homem segundo o coração de Deus e que serviu á sua geração???
Amados quem é que nos faz sobressair, o que temos que não tenhamos recebido???
Como nos apresentaremos diante dEle??? Com que méritos???
Se nós morremos para o pecado como poderemos retornar a viver nele??? Se já morremos para lei porque voltaremos a viver sob a lei, não manuseies isto, não toques naquilo, não coma aquilo outro??? Como poderemos viver satisfazendo a carne nós os que já morremos para ela??? Deus tenha misericórdia de nós.....
Ap 2;1-7. Nos primórdios da igreja havia uma igreja que certamente imaginamos como ideal em nossos dias, afinal ela era laboriosa, perseverante, não podia suportar homens maus, pôs à prova os que se declararam apóstolos sem o serem, suportou provas por causa do nome de Jesus e não esmoreceu, além disto odiava a obra dos nicolaítas. Só tinha um “pequeno” problema, abandonou o primeiro amor, e por isto foi seriamente advertida a se arrepender ou ficaria sem o candeeiro, sabemos que hoje não há testemunho cristão naquela região..... nossos melhores esforços são inadequados para produzir a vida de Deus na terra.
Como era eu quando fui achado por Jesus??? Onde estava??? Que fazia??? Amar-me-ia Deus mais então,do que agora??? Sou mais amado agora do que então???  
É impossível cumprir a Palavra senão por meio de Cristo em nós....
Sejamos eternamente grato por tão grande salvação....

Um comentário:

  1. Glória a Deus por esta palavra! Glória a Deus pq que não depende de mim estar na eternidade com o Senhor, o preço já foi pago...Glória a Deus por Cristo Jesus que nos amou a ponto de morrer naquela cruz por cada um de nós! Que o nosso coração esteja ardendo de desejo de estar com o noivo na eternidade...e enquanto isto não acontece que nós, igreja de Jesus, amemos o noivo, façamos tudo aquilo que lhe agrada e falemos deste noivo para todos! Que o Senhor nos fale, nos dê entendimento e sabedoria e tenha misericórdia de nós!

    ResponderExcluir

FORÇA X CÃS

Força x cãs   Muitas vezes ouvi de meu pai a seguinte frase; ah... se eu tivesse hoje a sua idade, com a...