quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Se você soubesse que o coração dEle é bom

Se você soubesse que o coração dEle é bom

Todo mundo já foi traído por alguém, alguns mais profundamente do que outros. A traição é uma violação que atinge o âmago de nosso ser: tornar-nos vulneráveis e confiar o nosso bem-estar para o outro, apenas para ser prejudicados por aqueles a quem as nossas esperanças foram confiadas, está entre a pior dor da experiência humana.

Às vezes a maneira como Deus nos trata parece traição. Encontramo-nos em um mundo perigoso, incapaz de providenciar a água que nossas almas sedentas precisam tão desesperadamente. Nossa corda não será suficiente para tirar o balde do fundo do poço. Sabemos que Deus tem a capacidade de tirar água para nós, mas muitas vezes ele não vai tirá-la. Sentimo-nos defraudados. Afinal de contas, não diz a Escritura  que, se temos o poder de fazer o bem a alguém, devemos fazê-lo (Prov. 3:27)? Então, por que Deus não deve?

Enquanto eu falava com uma amiga sobre a sua vida dolorosa, como Deus parece ser imprudente e imprevisível, ela se virou e com olhos suplicantes fez pergunta que todos nós estamos fazendo em algum lugar profundo dentro de nós: "Como posso confiar em um amante que é tão selvagem"? Na verdade, como é que nós podemos não apenas confiar nele, mas amá-lo de volta? Só há uma resposta possível: Você poderia amá-lo se você soubesse que  o coração dele é bom.

Traduzido de Sacred Romance- John Eldredge

Nenhum comentário:

Postar um comentário