quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O QUE TORNA O CORAÇÃO ENGANOSO???


Por muito mais tempo do que devia em minha vida tive um relacionamento de dúvidas quanto ao meu coração, afinal o que mais ouvi a seu respeito foi “enganoso é o coração e desesperadamente corrupto”... sem cogitar de ler o contexto...
Como a minha visão básica do coração era de que ele é essencialmente mau, aprendi a desprezá-lo em minhas decisões, ações e reações, resultado lógico desta prática; desânimo, falta de motivação, os sonhos se foram. Afinal tudo o que procede do coração do homem precisava ser meticulosamente esquadrinhado por outros homens e pelas definições correntes do que é apropriado, dentro da “vontade de Deus”, sábio etc... e depois disto tudo, não há ânimo que persista... nem sonho que resista.
Qual não foi minha surpresa ao ler o texto completo e descobrir algumas coisas muito interessantes, vejamos.
O texto de Jr 17, está tratando do assunto do povo haver deixado o Senhor e estar seguindo outros deuses, idolatria (qualquer coisa que esteja acima de Deus em minha vida é um ídolo).
No verso 5 há uma maldição, qual é??? Maldito o homem que confia no homem para a sua salvação, que faz do homem o seu braço forte, (importante perceber que não se refere a qualquer tipo de confiança) este homem mudou o foco de sua vida, deixou o Deus vivo para seguir a voz dos homens, em consequência ele aparta do Senhor o que??? O seu coração, aqui está o problema. Confiança é um atributo do coração, este homem se deixou seduzir por falsos valores. Ao mudar seus valores, levou junto o seu coração, isto motivou a declaração, enganoso é o coração... (V 9)
O problema do coração está em afastar-se do Senhor, e não no coração em si mesmo!!!
O que determina o estado do coração, é o tesouro, Mt 6;21 onde está o teu tesouro, ali estará o teu coração, se quisermos acertar o nosso coração, necessário será encontrar um novo tesouro, ou nada acontecerá, por maior que seja o esforço despendido.
Interessante que a pergunta do verso 9 (quem o esquadrinhará?), é respondida no verso 10 (Eu, o Senhor, esquadrinho...). ou seja a tarefa de esquadrinhar (examinar minuciosamente) o coração é do Senhor, eu não devo me atrever a isto, pois estou sujeito a me enganar, esta tarefa é exclusiva do Senhor, seja o coração meu ou de meu irmão!!!
A seguir o profeta declara a glória de Deus e no verso 14 clama, cura-me e serei curado, salva-me e serei salvo, pois tu és o meu louvor!!! E segue mostrando as causas e consequências da troca do Senhor pelos conselhos do homem.
Ou seja este texto não é um veredicto sobre a condição deplorável do coração do homem, e da sua inutilidade, mas a constatação do que acontece a ele, quando este está equivocado quanto ao seu objeto de adoração e culto, indo após os ídolos, se afasta do Senhor, a fonte das águas vivas, daí vem todo o engano.
Se quisermos viver plenamente, necessário será um pleno resgate de nossos corações.







4 comentários:

  1. Como uma versículo isolado pode nos fazer passar por anos de enganação...bem que a palavra diz "errais por não conheceres as escrituras"... Obrigado Mr. Dag pelo artigo que nos lembra mais uma vez que temos que nos aprofundar nas escrituras!

    ResponderExcluir
  2. Ô!!!!! Isso me faz lembrar de Provérbios 4.23: "Guarda com toda a diligência o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida." repetindo: porque dele procedem as fontes da vida. de novo: fontes da vida...mais uma vez: VIDA!!!

    ResponderExcluir
  3. Percebo nisso, como E forte a tendência de não crer na obra que o Espítito está fazendo em mim. E Ele está, de fato fazendo...

    ResponderExcluir
  4. Outro fato curioso é que para nós, esse coração é o centro das emoções, da vontade, do prazer, do entusiasmo. Mas, na cabeça dos escritores no hebraico a mesma palavra tipificava o centro da razão, entendimento, decisão. Se substituirmos estas conotações veremos a confirmação do contexto que você expõe meu irmão. Deus, jamais pretendeu com o evangelho do Reino, suprimir os sonhos, os entusiasmos e a vida pulsante pelo chamado de Jesus.

    ResponderExcluir

FLÁCIDOS COM PEQUENAS PAIXÕES

FLÁCIDOS COM PEQUENAS PAIXÕES  por  Daniel Gabler  |  postado em:  Blogs  |  0 Tradução lire de texto de John Eldredge Fitafuso (pers...